Rede municipal tem palestra sobre inclusão

Rede municipal tem palestra sobre inclusão

Uma equipe da Superintendência de Ensino da Ituiutaba composta pelas analistas educacionais Eliana Rocha e Leila Furtado estiveram em Capinópolis na manhã de quinta-feira, dia 16, ministrando palestra aos diretores, supervisores e professores de sala recurso acerca da inclusão.

redemunicipal

 “Estamos aqui a convite da Iracilda e da Zoraine, ministrando palestra a respeito da inclusão, qual o procedimento correto para designar o professor de apoio, como é feito esse procedimento nas escolas, a inclusão do aluno deficiente na escola, como ele deve ser tratado na escola e tentar tirar todas as dúvidas que o pessoal da escola possa ter a respeito desse assunto”, disse a analista educacional Eliana Rocha.

A secretária de Educação, Iracilda Duarte, aproveitou a oportunidade para agradecer ao empenho da Superintendência de Ensino de Ituiutaba em atender a todas as solicitações de Capinópolis e que esse assunto gera muitas dúvidas e muitas vezes a equipe gestora da educação precisa de mais informações para evitar agir dentro da ilegalidade.

“Essa palestra é para esclarecer todas as dúvidas cientes das diferenças das crianças”, disse Iracilda.

Comissão do Capim Folia realiza reunião com os comerciantes

Comissão do Capim Folia realiza reunião com os comerciantes

Comissão do Capim Folia realiza reunião com os comerciantes

Na noite de quarta-feira, a comissão organizadora do Capim Folia realizou uma reunião com os comerciantes na sede da ACIAC, onde foi discutida a forma de apoio do comércio para a realização do Capim Folia 2017.

Antes de decidir pela realização do carnaval, o prefeito Cleidimar Zanotto se reuniu com os empresários, que se colocaram à disposição para apoiar na realização do evento.

“Hoje estamos aqui para ver com vocês empresários a forma de nos apoiar para custear a decoração do Carnaval, uma vez que ficou decidido em reunião anterior com o prefeito Cleidimar esse apoio”, disse a secretária de Governo, Ieda Zanotto.

Uma das convidadas à reunião foi a Zilma Ikeda, cuja empresa fará a decoração do Carnaval.

O presidente da ACIAC, Anderson Clayton, afirmou aos presentes que a secretária Neide Ane iria ligar para os associados e que até na hora do almoço iria informar o valor a ser doado para a festa.

Houve também a sugestão de formar grupos para visitar algumas empresas da cidade buscando recursos.

Essa parceria do empresariado apoiando a Prefeitura na realização do Carnaval é uma demonstração de vontade de todos para que a festa se realize com um custo menor para os cofres municipais.

Hospital Municipal volta a realizar partos

Hospital Municipal volta a realizar partos

hospital volta realizar partos

Primeiros dois bebês, Thalis e Émily Vitória, nasceram na manhã de sexta-feira, dia 10; muitos outros têm partos agendados 

 hospital volta realizar partos 2hospital volta realizar partos 1

A Secretaria Municipal de Saúde de Capinópolis está ampliando o atendimento às gestantes em Capinópolis com a contratação de uma equipe para realizar os partos no próprio Hospital Municipal, conforme aconteceu na sexta-feira, dia 10, quando foram realizados dois partos, nascendo os bebês Thalis, filho do casal Flávio e Sara, e Émily Vitória, filha do casal Luana Cruz e Claudiano.

Além dos dois partos, dezenas de gestantes tiveram consultas de pré-natal e bebês visitaram o pediatra.

“Bom, bom demais. É muito mais confortável ter o meu bebê em Capinópolis, os médicos foram muito atenciosos, correu tudo bem, estou muito feliz”, disse Sara, logo após o parto.

“É mais fácil, pois ir para Ituiutaba dificulta muito para nós. Aqui toda a família está próxima e nós podemos acompanhar tudo”, disse Flávio ao comemorar a chegada de seu bebê ao quarto do hospital, para ficar junto a ele e à mãe.

A secretária de Saúde, Sandra Barbosa, falou à reportagem do Correio da Região.

“Retornamos com a realização de partos e alguns procedimentos ginecológicos, como outros. Hoje aconteceram os primeiros partos depois de um longo tempo sem haver nenhum nascimento no município. Nós contamos com uma equipe médica mais ampliada, tivemos algumas especialidades que voltaram para o município e esse é apenas o início, agora a gente está alinhando o atendimento com a FAEPU para que haja novamente um atendimento e uma assistência adequada para a população de Capinópolis”.

Pergunta: Nós acompanhamos ali na portaria a presença de mães com seus bebês e futuras mamães aguardando para a consulta de pré-natal. Isso será uma constante, a partir de agora?

Sandra Barbosa: Bem antes da geração da criança com acompanhamento integral às famílias, a gente olha como um todo. Nós vamos dar a assistência, como já tem sido dado, desde o início da vida até o final dela.

Pergunta: Quer dizer então que o pediatra, a equipe está completa agora?

Sandra: Isso. Começamos devagar, também porque a gente tem que respeitar as questões financeiras e organização do serviço, mas o nosso intuito é realmente dar uma assistência de qualidade.

Pergunta: O pré-natal dessas mães é acompanhado, principalmente e também nas reuniões de gestantes?

Sandra: Exatamente. O pré-natal ocorre todo na atenção primária, após algumas semanas que ele é encaminhado ao profissional. O acompanhamento é feito dentro da atenção primária num atendimento integral, que é feito pelo médico generalista do PSF e pela enfermeira, que tem todo o conhecimento para isso, depois que é encaminhado para a atenção especializada para dar continuidade até o parto.

Pergunta: Qual o dia da semana a equipe estará atendendo em Capinópolis?

Sandra: Todas as sextas-feiras eles estarão em Capinópolis realizando os partos.

Pergunta: Sandra, e quando uma mãe passar mal, por exemplo, na segunda-feira, como será o atendimento?

Sandra: a mãe será encaminhada para Ituiutaba, e lá será realizado o parto normalmente.

Estamos muito felizes com essa conquista

A primeira-dama Valéria Rampazzo, que fez questão de estar o tempo todo no hospital, recepcionando as mães e os bebês também destacou a emoção pela conquista.

“É muito bom ver a alegria no rosto das mães. Quando dissemos que teriam o parto aqui em Capinópolis mesmo e que teriam uma equipe qualificada para atendê-las, inclusive com pediatra, elas até respiraram aliviadas”, disse Valéria, afirmando ainda que essa é a obrigação do gestor público, trabalhar para oferecer uma vida melhor a todos.

O gerente geral da FAEPU, Renato Darin, falou com referência ao convênio com o município que ainda tem cinco anos de vigência, que foi assinado um novo termo aditivo, discutido com a atual gestão, a qual está fazendo as transferências de recursos em dia, razão pela qual alguns atendimentos tiveram ampliação e que, com referência ao débito do município com a FAEPU, estava estudando junto ao setor jurídico e contábil da entidade e o município uma escala de pagamentos que não penalizasse a FAEPU e nem asfixiasse o município.

hospital volta realizar partos 3

botao acesso informacao

previdencia

vtn