65anos

Volta às aulas está marcada para 11 de março

 
Municípios adiam a volta às aulas para ter a certeza de que o Governo de Minas não vai atrasar mais os recursos do Fundeb
Os 22 municípios que compõem a AMVAP – Associação dos Municípios da Microrregião do Vale do Paranaíba, se reuniram na terça-feira, dia 29, e decidiram, por unanimidade, adiar a volta às aulas, que seria no dia sete de fevereiro, para o dia 11 março, após o carnaval, numa tentativa de pressionar o governo do estado a regularizar os repasses dos recursos dos municípios, principalmente do Fundeb – Fundo de Manutenção e do Desenvolvimento da Educação Básica, que deixaram de ser repassados em 2018, e, do atual Governo, já constam atrasos dos recursos estaduais, no caso de Capinópolis, em cerca de R500 mil reais.
Os municípios querem também a revogação do Decreto  nº 47296, de 27 de novembro de 2017 pelo qual quando o cidadão paga um imposto onde uma porcentagem é do município, como é o caso do IPVA, os recursos têm que ir para Belo Horizonte em sua totalidade, para só depois o estado retornar aos municípios, o que não aconteceu no ano passado.
O prefeito Cleidimar Zanotto e a secretária de educação e cultura do município, Iracilda Duarte, participaram da assembleia e, mesmo querendo que as aulas começassem no dia sete de fevereiro em Capinópolis, optaram por ir com a maioria, marcando a volta às aulas da rede municipal para o dia 11 de março.
“Nós estamos com tudo pronto para começar imediatamente as aulas, mas não podemos agir sozinhos, todos têm que estar juntos nesta posição, porque se começar as aulas e de repente tiver que parar fica muito pior. Então nós vamos aguardar uma posição firme e séria do Governo Zema garantindo a regularização dos repasses”, disse o prefeito Cleidimar Zanotto.   
Foto: Divulgação

botao acesso informacao

previdencia

vtn