Conferência discutiu os direitos da criança e do adolescente

Capinópolis apresenta, discute, vota e aprova duas sugestões e escolhe seus representantes para a Conferência Estadual

 conf direitos criancan

O plenário da Câmara Municipal de Capinópolis foi o palco da 8ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, tendo como tema: Proteção integral, diversidade e enfrentamento das violências.

A abertura da conferência se deu com as palavras do presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Capinópolis, Valdeci Ferreira, que desejou a todos um bom trabalho e ressaltou a importância da Conferência.

Em seguida, a secretária de desenvolvimento social, Valéria Rampazzo, disse que aquele era o dia para discutir as políticas públicas para as crianças e os adolescentes, onde todos ali estavam imbuídos nesse projeto.

A promotora da Comarca, Dra. Maria Carolina Beraldo Silveira, disse que gostaria de chamar a atenção para dois aspectos. Primeiro porquê o evento: ouvir o povo, colher deles as ideias e propostas e, em segundo lugar, escolher as proposta de Capinópolis e seu representantes para a Conferência Estadual. Ela destacou ainda que é importante implementar uma política de proteção à violência e a conferência é justamente o espaço físico para que se pense nas medidas e sejam tomadas as ações em defesa da criança e do adolescente. Sugeriu ao vereador Edwardão criar o parlamento mirim em Capinópolis, dando às crianças e adolescentes a oportunidade de aprender com é o funcionamento do Poder Legislativo e suas atribuições, dando-lhes noções de cidadania.

O Vereador Edwardão, representando o Poder Legislativo reconheceu a importância da Conferência e, à sugestão da Dra. Maria Carolina, disse já estar trabalhando neste sentido, pois reconhece a importância de um trabalho dessa natureza. Finalizou cumprimentando os membros do Talento Jovem ali presentes, assim como o SCFV, que muito tem feito pelas crianças e adolescentes de Capinópolis.

Finalmente, usou a palavra o prefeito Cleidimar Zanotto, destacando que aquele era o local e o momento adequado para se discutir as políticas públicas e o público ali presente poderia dar suas sugestões, quem sabe uma sugestão de Capinópolis possa ser implantada a nível nacional.

Em seguida, as crianças do SCFV deram um verdadeiro show, coordenados pela maestrina Márcia, levando às lágrimas algumas pessoas ali presentes, entre elas a primeira-dama Valéria Rampazzo.

A palestrante Ana Flávia de Carvalho Santana Chaves ministrou a palestra e, em seguida, passou-se à discussão dos eixos temáticos, escolhendo-se as propostas de Capinópolis:

No final, foram aprovadas as propostas e eleitos os conferencistas que vão representar Capinópolis na Conferência Estadual.

Fotos: Valdair Bernardeli

botao acesso informacao

previdencia

vtn