Toda criança de um a cinco anos deve vacinar

enfermeiras psf
Começa segunda-feira, em todo o país a campanha nacional de vacinação contra poliomielite e contra o sarampo tendo como público alvo crianças de um a cinco anos incompletos. 
A campanha visa vacinar todas as crianças que nunca tomaram a vacina, completar todo o esquema de vacinação de quem não tomou todas as doses e dar uma dose de reforço para quem já se vacinou completamente (ou seja, tomou todas as doses necessárias à proteção).
A Pólio foi erradicada no Brasil em 1994 e do sarampo, o Brasil recebeu o certificado em 2016, porém, o país está com 822 casos confirmados do sarampo no Amazonas e em Roraima, provocados principalmente pela chegada de milhares de imigrantes venezuelanos que fogem da crise econômica e política que o país vive. Há casos de sarampo em vários outros estados brasileiros, em números isolados, porém, o certo é que o vírus está circulando.
No caso da Pólio felizmente ainda não tivemos nenhum caso no país, mas há o registro de casos na Nigéria, Afeganistão e Paquistão. O último registro de pólio no Brasil foi em 1990.
No caso do sarampo a doença é tão antiga que os novos médicos a desconhecem.
“Nossas equipes dos PSFs estarão trabalhando duro durante todo este mês de agosto para que alcancemos a nossa meta, que é vacinar 95% do público alvo, lembrando que o dia D da campanha será 18 de agosto, para isso sendo fundamental a conscientização dos pais. Vacinar é garantir que seu filho esteja livre dessas terríveis doenças”, destaca a secretária de saúde, Sandra Barbosa.

 

Escolas ganham faixas elevadas na nova sinalização da cidade

escolas faixas elelvatorias
A Prefeitura de Capinópolis está promovendo uma completa reformulação no trânsito da cidade, onde atualmente os bairros estão recebendo a sinalização vertical. Neste mês de agosto o centro da cidade ganhará sinalização vertical e horizontal, além de construção de faixas elevadas na porta das escolas. 
Segundo o diretor do departamento de obras, Secretaria de  Obras do município, Moacir Pereira, só não receberá o serviço neste momento as Escolas Branca de Neve, porque a Avenida 99 é pavimentada com bloquetes e a Escola ‘Tancredo Neves’ porque a pavimentação  com bloquetes da avenida será substituída por asfalto brevemente. 
A sinalização das vias públicas de Capinópolis vai gerar uma reorganização de todo o trânsito da parte central da cidade com a implantação da mão única de direção, desde a Avenida 95, até a Avenida 113 e desde a Rua 92 até a Avenida Névio Franco de Morais, permanecendo inalterado apenas as Avenidas 101 e 113, que têm pista dupla e a Avenida 99, que terá mão dupla de direção.
A decisão de implantar mão única de direção na parte central da cidade foi decidida em audiência pública realizada na Câmara Municipal de Capinópolis, promovida pela Comissão Municipal de Trânsito, com a participação de várias pessoas da comunidade, que foram convidadas através de propaganda volante e convites publicados no rádio, em jornal e nas mídias sociais. 
“Toda a comunidade foi convidada, portanto, a audiência tinha competência para tomar a decisão”, disse o presidente da Comissão Municipal de Trânsito, Augusto do Amaral, que acredita que com a conclusão de todo o serviço que está sendo feito com recursos próprios do município, Capinópolis terá um trânsito bem melhor, principalmente para os visitantes.
Fique atento à nova sinalização que está sendo implantada.
Foto: Valdair Bernardeli

Dia Mundial contra hepatites virais

dm hepatite 1

Para comemorar o Dia Mundial Contra as Hepatites Virais objetivando marcar a data, a Secretaria Municipal de Saúde de Capinópolis, em parceria com a Vigilância Epidemiológica e a Atenção Primária, realizou uma série de atividades de conscientização ao Dia Mundial de Combate às Hepatites Virais, tais como: Blitz educativa no centro da cidade, orientações em pontos estratégicos: Drogaria Americana e Posto 3, panfletagem, verificação do cartão vacinal ofertando vacinação contra Hepatite B, Visitas aos salões de beleza, barbearias, manicures e pedicures, sala de espera em todas as unidades dos PSF´s e entrega de preservativos.
Na quinta-feira, dia 26, a equipe do NASF Capinópolis realizou abordagem no comércio Local sobre a importância do controle da doença e a realização de testes rápidos que estão disponíveis nas unidades de PSF’s.
Vale ressaltar que existem sete tipos de Hepatite: A, B, C, D, E, F (ainda não diagnosticada em humanos) e G. A doença pode causar a infecção crônica do fígado e possivelmente se tornar câncer na idade adulta. A inflamação pode ser causada pelo vírus da doença, uso de alguns remédios, álcool e outras drogas, além de doenças autoimunes, metabólicas e genéticas. Entre os sintomas da hepatite estão mal estar, dor abdominal, febre baixa, dor de cabeça, fadiga, vômitos e pele amarelada. A do tipo A é comum em crianças e ocorre de forma branda e sem sintomas. Entretanto, ela é mais séria em adultos e os sintomas tendem a ser mais graves. A transmissão deste tipo se dá por meio de água e alimento contaminados.
Pessoas que compõem o chamado grupo de risco são profissionais do sexo, trabalhadores da área de saúde, coletores de lixo, usuários de drogas injetáveis, índios, vítimas de abuso sexual, doadores de sangue, pessoas reclusas, dentre outras. Elas podem e devem procurar as unidades de saúde para se vacinar. Para estes, a vacinação é realizada independentemente da faixa etária e não é necessário revelar o motivo pelo qual se está buscando a vacina. É preciso apenas estar com o cartão de vacinas. Para evitar a doença utilize sempre material esterilizado ou descartável em manicures, estúdios de tatuagem, acupuntura, serviços de saúde e procedimentos médicos e odontológicos. Não compartilhe escovas de dente, alicates de cutícula e lâminas de barbear ou depilar. Evite o contato com águas contaminadas, lave bem as mãos e cozinhe bem os alimentos. Utilize preservativo em todas as relações sexuais. Procure o seu PSF de referência para maiores informações.

dm hepatite 2 dm hepatite 3

dm hepatite 4

botao acesso informacao

previdencia

vtn